Prefeitura busca formas de combater o trabalho infantil

O dia 12 de junho é considerado o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. A data é uma oportunidade para sensibilizar, informar, debater e reunir toda a sociedade no combate à violação de direitos de crianças e adolescentes.

Certa de que criança não deve trabalhar e que a infância é tempo de sonhar, a Secretaria de Desenvolvimento Social distribuiu kits com atividades socioeducativas capazes de promover ludicidade e encantamento. As crianças e os adolescentes usuários dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos receberam, além de atividades impressas, caixas de lápis de cor, giz de cera, hidrocor, borracha e tesoura sem ponta.

As atividades tinham como tema “Cartão Vermelho para o trabalho infantil”, levando para a casa das crianças informações em forma de brincadeira. Além disso, a entrega dos kits teve a finalidade de auxiliar no fortalecimento de vínculos familiares e fomentar a participação de todos nas atividades propostas pelos CRAS.

“Atualmente, por conta da pandemia, nós não podemos realizar os encontros coletivos, mas seguimos com atividades remotas e com as nossas visitas individualizadas. Dessa forma, vamos mantendo o vínculo com as nossas crianças e adolescentes do serviço”, diz o assistente social, Lucas Alves Barreto de Camargo.

“O nosso objetivo é oferecer formas de ajudar a se fazer uma infância como ela deve ser: alegre, leve, divertida e cheia de cor. Além disso, buscamos sensibilizar e motivar uma reflexão da sociedade sobre as consequências do trabalho infantil e a importância de garantir às crianças e aos adolescentes o direito de brincar, estudar e sonhar, ações que são essenciais ao seu desenvolvimento”, explicou a secretária Andrea Carolina.

MDB Bahia

Veja também

Deixe um comentário